Chás

Chá de erva cidreira: benefícios e como preparar

Chá de erva cidreira

Chá de erva cidreira: benefícios e como preparar

Cada país ou povo de todos os lugares do mundo possuem características únicas que os definem. Quando agrupados, esses aspectos podem ser chamados de cultura daquele povo. No entanto, ao longo dos anos e com a constante evolução da humanidade, alguns elementos de uma determinada cultura se difundiram para outras, em um processo natural de evolução. Desse modo, com a maior facilidade de locomoção, com a conquista de outras nações e com a mais recente Globalização, elementos culturais provenientes de um lugar podem ser encontrados em praticamente todo o mundo.

Como exemplos desse tipo de fenômeno podem citar os chás. Os chás, bebidas feitas a partir da mistura de várias distintas estruturas de plantas com água, seja esta quente ou fria, foi originalmente feito em várias culturas provenientes do Oriente, além de alguns povos nativos indígenas das Américas. Apesar disso, hoje é possível encontrar esse composto sendo consumido em quase todo o mundo.

Apesar dessa fusão de culturas, é possível observar um fenômeno bastante interessante quando falamos de chás. Isso se dá pelo fato de que, apesar de serem consumidos em todo o mundo, alguns tipos dessa bebida ganham mais popularidade em certas partes do mundo, devido à disponibilidade da planta. No Brasil, por exemplo, um dos chás mais consumidos e populares em todo o território é o chá de erva cidreira. Essa mistura, além de possuir um sabor bastante agradável ao paladar, proporciona variados benefícios ao organismo de quem o consome.

Por esses motivos, nesse artigo iremos falar mais sobre o chá de erva cidreira, com um enfoque na planta e nos efeitos positivos que ela gera no organismo humano. Além disso, lendo o artigo você irá descobrir qual o modo certo de preparo e de consumo desse chá e outras informações interessantes que você precisa saber!

O que é a erva cidreira?

De nome científico Melissa officinalis, a erva cidreira é uma planta que, nos dias atuais, pode ser encontrada e plantada em quase todos os continentes do mundo, com exceção da Antártica. Provavelmente com origem na Europa Meridional, esse vegetal pertence à família Lamiaceae, tornando-a uma espécie de “prima” da hortelã, da menta e do boldo, os quais também são utilizados para o preparo de infusões.

As folhas, de onde o chá é proveniente e de onde são obtidos os benefícios relativos à planta, possuem uma coloração verde-claro, sendo ligeiramente maior do que as folhas de menta. Todo o aroma e todo o sabor que são encontrados no chá e em outros elementos provenientes da erva cidreira são devido aos terpenos presentes na composição da planta, onde se destacam o carvacrol, o citral, o geraniol e a cânfora.

Além do característico chá, a erva cidreira também é utilizada como planta ornamental – a fim de embelezar os lugares, com finalidades estéticas –, na apicultura, para atrair as abelhas, na culinária, com adição em vários pratos, principalmente doces e até na medicina tradicional, a partir dos seus efeitos comprovados para o sistema digestivo do organismo humano.

Benefícios do chá de erva cidreira

Como já falado anteriormente, a erva cidreira é constantemente utilizado no preparo de chás, sendo bastante apreciado em todo o mundo, principalmente no Brasil. Dessa forma, uma vez que milhares de pessoas fazem o uso dessa substância constantemente, nesse tópico iremos falar dos principais benefícios que podem ser obtidos a partir do consumo de chá de erva cidreira.

  1. Efeito calmante:

O principal e consequentemente o mais conhecido benefício relacionado ao chá de erva cidreira é o seu efeito calmante que ele possui no organismo humano. A partir de alguns elementos presentes em sua composição, essa bebida possui o poder de estimular a produção de melatonina no cérebro humano, conhecido como o hormônio do sono e o hormônio calmante.

Um dos principais pontos positivos relacionados a esse benefício está atrelado ao fato de não possuir nenhuma contra indicação para bebês recém-nascidos, sendo uma ótima saída para aquelas crianças que apresentarem problemas para dormir.

  1. Alivia dores no sistema digestivo:

O sistema digestivo é um dos mais importantes de todo o organismo humano. Responsável por separar aquilo que poderá ser aproveitado pelo nosso corpo e eliminar os outros elementos, esse sistema é composto por várias estruturas e órgãos que contribuem para o seu pleno funcionamento.

Por trabalhar constantemente e a todo o momento, é comum que várias pessoas sintam constante dores no estômago ou no intestino. Nesses casos, o chá de erva cidreira pode ser um grande aliado do ser humano, uma vez que alivia essas dores. No entanto, em caso de persistência é aconselhável que se consulte um profissional da área da saúde.

O chá de erva cidreira também pode ser utilizado por mulheres que sofrem de constantes cólicas menstruais, pois alivia os músculos e pode eliminar essas dores.

  1. Efeito antioxidante:

Se você, leitor, é alguém preocupado com a saúde do seu corpo, provavelmente já ouviu falar sobre a oxidação. Para aqueles que ainda não sabem, a oxidação é um processo que ocorre com absolutamente todos os corpos presentes na atmosfera, sejam eles vivos ou não. Basicamente, este consiste na fixação de moléculas de oxigênio naquele corpo e, como resultado, essa reação química resulta na liberação de radicais livres, grandes moléculas instáveis. Estas, por sua vez, podem causar grandes complicações para o corpo humano, desde algumas mais estéticas, como o envelhecimento da pele e o enfraquecimento do cabelo até como doenças mais séries, como o câncer.

Bom, como já falado, esse processo é algo natural e não pode ser evitado. No entanto, a sua velocidade e a sua constância pode ser diminuída, a partir da regular ingestão de alguns elementos chamados de antioxidantes, os quais estão presentes na composição da erva cidreira.

Dessa forma, o consumo constante de chá de erva cidreira pode retardar o envelhecimento da pele, dar mais beleza aos cabelos e até prevenir alguns tipos de câncer.

Como preparar o chá de erva cidreira

Plantar a erva cidreira pode não ser um processo muito simples e, por esse motivo, o mais indicado é que se faça o consumo dessa mistura a partir da compra de pacotes já prontos para o preparo, os quais podem ser encontrados em qualquer loja de artigos naturais, além de muitos mercados, supermercados e feiras.

O preparo, a fim de não perder os nutrientes, deve ser feito da seguinte maneira:

A proporção que deve ser usada no preparo do chá de erva cidreira é de 450 ml de água para cada 12 gramas da folha. Coloque a água ao fogo e deixe esquentar, mas não deixe ferver. Para saber o momento certo, desligue o fogão quando a água começar a apresentar pequenas bolhas no fundo da panela. Depois de feito, adicione as folhas de erva cidreira, tampe a panela e deixe descansar por um período de 10 a 15 minutos. Coe e beba. A bebida pode ser adoçada, mas isso poderá ocasionar a perda de alguns nutrientes e, desse modo, não é aconselhável a adição de açúcar.

Como consumir o chá de erva cidreira

O chá de erva cidreira pode ser consumido tanto quente quanto gelado, mas o sabor é mais agradável enquanto a bebida estiver quente. A mistura não apresenta nenhuma contra indicação importante, mas a quantidade máxima que deve ser tomada durante o dia é de 3 xícaras, ou aproximadamente 450 ml.

Em caso de abuso da substância, o consumidor pode apresentar alguns sintomas indesejados, como a incontinência urinária e a sensação contínua de sono, além de lentidão em reflexos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *