Praça Raul Soares, 85 - Belo Horizonte - MG (31) 3292-7257 (31) 9.9357-1951
chá de salsa

Chá de salsa – benefícios e como preparar

Chá de salsa – benefícios e como preparar

Feito a partir da infusão de água com alguma estrutura de variadas plantas, o chá é uma das bebidas mais antigas do mundo, uma vez que seu preparo é notado por milhares de anos, mesmo em civilizações bem mais antigas. Antigamente, muitas pessoas os tomavam pelo seu sabor, ou mesmo como uma forma de se alimentar. O que se constatou ao longo do tempo é que algumas infusões possuem propriedades poderosas que podem trazer vários efeitos positivos para a nossa saúde.

Sem dúvidas, um dos pontos mais positivos sobre os chás é a sua variedade. Isso ocorre pelo fato de que essas bebidas podem ser feitas a partir de uma infinidade de plantas, e também diferentes estruturas de uma mesma espécie vegetal. Por vezes, alguns elementos que conhecemos e utilizamos bastante no dia a dia são os escolhidos para o preparo, e estes também podem possuir numerosos benefícios.

Esse, por exemplo, é o caso do chá de salsa, que será o nosso assunto nesse artigo. Iremos falar sobre todas as propriedades singulares dessa bebida que, apesar de pouco conhecida pelo público em geral, é muito importante para o nosso organismo.

A salsa

O chá de salsa é uma bebida feita a partir da infusão de água com uma espécie vegetal muito conhecida pela culinária: a salsa. Também chamada de salsinha ou perrexil, esse tipo de vegetal é utilizado como um condimento em vários pratos da culinária brasileira, além de ser uma ótima opção para enfeitar os pratos principais.

A planta de onde se origina a salsinha é originária da região do Mediterrâneo, mais especificamente no Sul da Itália, na Tunísia e na Argélia, tendo seu nome científico como Petroselinum crispum. Hoje em dia, é cultivada em praticamente todos os continentes do planeta, como exceção à Antártida. É classificada como uma espécie bienal, tendo em vista que o seu ciclo de vida dura por dois anos. Em seu primeiro ano, possui uma média de altura que gira em torno de 20 cm de altura, podendo chegar até 60 em seu ápice. O ciclo geralmente termina quando as sementes se tornam maduras.

O seu cultivo não é muito difícil, e a salsinha está presente em várias hortas por todo o território brasileiro. As temperaturas ideais para a germinação possuem uma média de 20 a 30 graus celsius, necessitando de uma iluminação natural boa, sendo impossível o seu desenvolvimento em ambientes predominantemente escuros. O plantio é feito por meio de sementes e a planta pode atrair várias espécies de animais, o que pode ser um problema se formos falar de pragas.

Entre os seus valores nutricionais, podemos ver que a salsinha é uma erva que pode gerar vários benefícios para o ser humano, vide todos os nutrientes presentes em sua composição. Dentre eles, podemos destacar a vitamina A, o betacaroteno, a luteína, o ácido fólico, a vitamina K, o cálcio, o potássio, dentre vários outros.

Benefícios do chá de salsa

Devido a todos os nutrientes presentes na composição da salsa, o chá deste vegetal pode trazer numerosos benefícios para a saúde do ser humano. Desse modo, veremos agora alguma das vantagens mais importantes acerca dessa bebida.

Trabalha contra a hipertensão:

A hipertensão é um dos problemas que mais atinge a população brasileira, sendo considerada uma das condições mais problemáticas no século XXI. Isso se justifica pelo fato de que a salsa possui princípios ativos com propriedades diuréticas, isto é, eliminando líquidos em excesso presentes em células do tecido adiposo e na corrente sanguínea.

Ao fazer isso, a pressão nas veias e nas artérias diminui, o que previne várias doenças causadas pela alta pressão arterial, como condições cardíacas e de entupimento de veias.

Anti-inflamatório:

Um dos maiores e mais conhecidos benefícios relacionadas ao chá de salsa é a sua propriedade anti-inflamatória. Doenças como artrite, cistite e outras inflamações que podem ocorrer em diferentes estruturas do nosso corpo podem ser prevenidas com o consumo contínuo e constante dessa bebida.

Isso se dá pela presença de uma substância específica na folha da salsa, chamado de ácido ascórbico.

Possui substâncias antioxidantes:

A oxidação é um processo que ocorre, literalmente, em todos os elementos que existem no planeta. Basicamente, é conhecido como a ação onde moléculas de oxigênio reagem com o objeto em questão, se fixando neste e liberando, a partir desse processo, várias moléculas que são chamadas de radicais livres. Estes, por sua vez, são um conjunto de elementos químicos que não se ligam à nenhuma molécula em específico.

Por este fator, os radicais livres podem ocasionar várias consequências ruins para a nossa saúde, como o envelhecimento da pele, o enfraquecimentos dos fios capilares até alguns tipos de câncer. Ainda que seja um processo inevitável, a velocidade da oxidação pode ser consideravelmente diminuída se consumirmos os alimentos certos, isto é, aqueles que contam com substâncias antioxidantes, como é o caso do chá de salsa. Este possui flavonoides, poderosos antioxidantes naturais que, como já falado anteriormente, podem prevenir o envelhecimento precoce e até o câncer.

Fortalece a defesa do nosso corpo:

Diariamente, e a todo o momento, estamos expostos a vários tipos de doenças, as quais podem estar presentes no ar ou no banco em que sentamos no ônibus. Esses quadros são protagonizados pelos vírus e bactérias, microrganismos que podem ocasionar resfriados, gripes, pneumonia e outras condições.

A fim de nos prevenir contra esse tipo de situação, nosso corpo possui um sistema imunológico, composto por órgãos e células responsáveis por destruir esses invasores e impedir que eles prejudiquem a nossa saúde. No entanto, caso não nos alimentemos da maneira correta, esse sistema pode ficar enfraquecido, o que poderá trazer muitas consequências ruins. Para fortalecê-lo, precisamos ingerir vários tipos de nutrientes e vitaminas, principalmente a vitamina C, um elemento bastante presente na salsinha e, consequentemente, em seu chá.

Ajuda no tratamento da anemia:

A anemia é uma condição onde a nossa corrente sanguínea não apresenta uma quantidade suficiente de glóbulos vermelhos saudáveis. Isso pode ser resolvido com a maior ingestão de um mineral bastante benéfico para o nosso organismo: O Ferro. Este, por sua vez, está presente em grandes quantidades no chá de salsa.

Combate o mau hálito:

O mau hálito pode ser uma condição muito incômoda, mas pode ocorrer por qualquer um. Ocasionada principalmente por problemas de estômago, a halitose pode ser resolvida a partir do consumo de chá de salsa, uma vez que este possui uma quantidade considerável de clorofila em sua composição.

Combate a tosse:

As propriedades expectorantes presentes na folha da salsa podem auxiliar bastante em sintomas como a tosse. Se tomado de maneira contínua, pode até ajudar no tratamento de quadros respiratórios mais sérios, como a asma e a bronquite.

Como preparar o chá de salsa

O preparo do chá de salsa é bem simples, podendo ser feito por qualquer pessoa, mesmo que esta não possua muita intimidade com receitas na cozinha.

A proporção entre água e salsa que deverá ser utilizada é de 6 ramos de salsinha fresca para cada 1 litro de água. Para preparar, tudo que você precisará fazer é colocar a água em uma panela com fogo médio, jogar os ramos de salsa e deixar por aproximadamente 6 minutos, até que algumas bolhas se formem no fundo da panela. Depois disso, desligue a panela, tampe-a e deixa a infusão descansar por aproximadamente 1 hora. Coar e deixar na geladeira. É recomendável que o consumo seja feito no mesmo dia ou, no máximo, até o dia seguinte, tendo em vista que, depois desse tempo, as propriedades benéficas desse chá podem ser perdidas.

Leave a comment