Suplemento BCAA: Para que serve

Suplemento BCAA: Para que serve Leave a comment

Suplemento BCAA: para que serve – Branched Chain Amino Acids. Esse é o termo completo que dá nome a sigla de um dos mais populares e consumidos suplementos alimentares de todo o mundo. Voltado para o mundo da musculação, esse produto gera vários efeitos positivos no organismo dos seus consumidores.

Conhecer todos os benefícios e vantagens de ingerir um suplemento alimentar é essencial no momento de escolher qual o produto ideal para os seus objetivos e para o seu tipo físico. Por esse motivo, nesse artigo iremos falar: Suplemento BCAA: Para que serve?

O que é o BCAA? ­– Suplemento BCAA: para que serve

Aminoácidos de cadeia ramificada – mais conhecidos como BCAAs – são nutrientes essenciais. Eles são proteínas encontradas nos alimentos e vendidas em formas de suplementos alimentares. Os tecidos musculares “queimam” esses aminoácidos para energia.

Os aminoácidos específicos que compõem os aminoácidos de cadeia ramificada são leucina, isoleucina e valina. O termo cadeia ramificada refere-se simplesmente à sua estrutura química.

Suplemento BCAA: para que serve

Os atletas podem tomar suplementos orais de aminoácidos de cadeia ramificada (BCAAs) para tentar ajudar na recuperação dos treinos e melhorar o desempenho atlético.

Estudos sugerem que os BCAAs podem prevenir a quebra muscular durante o exercício. Isso pode ajudar na recuperação das fibras, fazendo com que o músculo consiga se reconstruir com significativa mais facilidade. Além disso, esse efeito faz com que a fadiga muscular seja bastante retardada. Muitas vezes, a fadiga muscular é a principal causa com que pessoas não conseguem realizar treinos longos e intensos.

Além disso, um dos aminoácidos presentes nos suplementos de BCAA – mais especificamente a leucina – estimula a maior queima de gordura para a produção de energia. Isso faz com que o consumidor possa perder peso de forma mais rápida e ainda ganhe mais energia e vitalidade para realizar os seus exercícios.

O BCAA também é um suplemento conhecido por diminuir a dor nos músculos depois dos exercícios. Acontece que, por terem sido expostos a muitos esforços, os músculos necessitam de muitos mais nutrientes do que o usual. Como não respiramos mais e não comemos mais apenas por isso, o corpo então decide por fazer um tipo de respiração anaeróbia, gerando energia para os músculos com poucos nutrientes e sem oxigênio.

Apesar de necessário, esse efeito, por liberar algumas substâncias em específico, é conhecido por gerar as famosas dores musculares. O BCAA pode prevenir esse tipo de reação, tendo em vista que fica nas células e pode servir como forma de energia para estas. Sendo assim, não será necessária tanta respiração anaeróbia – sem oxigênio.

Como tomar BCAA? – Suplemento BCAA: para que serve

O BCAA é comercializado em pó e também em cápsulas. Em algumas lojas maiores, também é possível encontrar o suplemento em sua forma líquida, geralmente proveniente de algum tipo de mistura. Os efeitos de todas essas opções são os mesmos, e tudo que irá mudar será o tempo de absorção do corpo.

Sendo assim, se você tomar o BCAA líquido, os efeitos acontecerão mais rápidos, mas serão os mesmos que o BCAA em cápsulas (que possui o maior tempo de absorção). A quantidade recomendada por dia é de 10 gramas, as quais podem ser divididas em dois momentos: 30 minutos antes e logo depois da prática de exercícios físicos.

Para melhores resultados, compre BCAA de marcas mais consolidadas no mercado e que com certeza possuem a sua confiança. Se for o caso, procure na internet quais são as melhores marcas especializadas em suplementos alimentares.

Consulte o seu médico ou nutricionista antes de adicionar qualquer substância ao seu dia a dia. Ainda é importante ressaltar que os benefícios relacionados ao BCAA são relacionados com quem pratica exercícios físicos intensos, principalmente a musculação.

 

Gostou desse artigo sobre “BCAA em pó: para que serve”? Deixe nos comentários a sua opinião sobre esse suplemento e quais foram os efeitos dele no seu corpo. Acompanhe o nosso blog e leia mais textos sobre esse assunto! Você pode se interessar também:

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *