Praça Raul Soares, 85 - Belo Horizonte - MG (31) 9357-1951 | (31) 3292-7257 contato@evotekone.com.br
óleo essencial de copaiba

Óleo de copaíba para que serve, benefícios e como usar

No ano de 1500 a frota de caravelas portuguesas comandada por Pedro Álvares Cabral chegou pela primeira vez no que seria chamado de Brasil. O nome dado pelos portugueses se refere à árvore encontrada em maior abundância na região, o Pau-Brasil, que tem esse nome por sua coloração avermelhada, se assemelhando à brasa, por isso Brasil.

A remoção e comércio de pau-brasil foram as primeiras formas de atividade extrativista dos portugueses na colônia. Esse processo foi tão importante que batizou o território.

Com o passar dos anos e a escassez da árvore antes abundante em território brasileiro, outras formas de extração foram substituindo o pau-brasil e assim a colônia portuguesa viveu vários ciclos produtivos como o da cana-de-açúcar, do ouro e pedras preciosas e mesmo depois da independência, o país seguiu na mesma toada, entrando no ciclo do café.

Mas se engana quem pensa que as características naturais do Brasil foram exploradas apenas por essas formas de atividade. Várias outras riquezas chamaram atenção e motivaram verdadeiras guerras em busca delas.

Um dos períodos históricos mais significativos nesse contexto foi a corrida pelas “drogas do sertão”. Sertão era o nome dado pelos europeus para as florestas brasileiras, incluindo a região amazônica. Os homens do velho continente foram seduzidos pela enorme variedade de ervas e plantas terapêuticas e especiarias presentes na floresta tropical brasileira e se embrenharam mata adentro em missões de coleta e contrabando desses elementos.

O fluxo de pessoas dos mais diversos países europeus que chegava às florestas brasileiras era tão grande que motivou uma intervenção da metrópole portuguesa para tomar posse da região e monopolizar o uso, extração e estudo das drogas do sertão. Nesse contexto, inclusive, se deu a formação da cidade de Manaus.

Até hoje a flora presente na região amazônica é alvo de exploração de grandes empresas farmacêuticas que buscam trabalhar com suas propriedades medicinais.

Um dos exemplos de plantas com propriedades terapêuticas presente na floresta tropical brasileira é a copaíba.

  • Copaíba – árvore do bem

A copaíba é uma árvore que apresenta uma grande variedade de usos e aplicações. Desde características medicinais, passando pelo uso de sua madeira, até a produção de biocombustível.

A copaíba tem seu nome variado de uma expressão na língua tupi, portanto já era conhecida e utilizada por populações indígenas antes da chegada dos portugueses no Brasil.

É uma árvore de grande porte, alcançando, em média, 12 metros de altura, mas podendo chegar a tamanhos ainda maiores. Possui pequenas inflorescências na cor branca e frutos também de pequeno porte.

Um dos nomes pelos quais a copaíba é conhecida popularmente é pau-de-óleo. Esse nome trata da propriedade mais conhecida da árvore, a extração de seu óleo. Com uma ampla categoria de utilidades, o óleo é extraído diretamente do tronco da árvore, através de perfurações na madeira.

A copaíba é uma planta encontrada em florestas tropicais e encontra dificuldades de adaptação e sobrevivência em ambientes fora da linha entre os trópicos.

  • Óleo de copaíba: para que serve

Com seu uso conhecido desde o tempo em que o Brasil era habitado pelos povos indígenas, o óleo de copaíba tem várias aplicações possíveis e é um dos extratos mais ricos e poderosos dentre as plantas com propriedades medicinais encontradas nas florestas tropicais.

Confira alguns dos benefícios do uso do óleo de copaíba:

– Digestão

O óleo de  copaíba ajuda na recuperação do sistema digestivo, auxiliando na eliminação de toxinas e facilitando a digestão.

– Anti-inflamatório

O óleo de copaíba tem propriedades que atuam modulando as respostas do sistema imunológico, que é o responsável pela defesa do organismo em relação a agentes estranhos e enfermidades.

Essa ação ajuda no combate a diversos agentes que podem causar problemas na saúde do corpo humano, como bactérias, vírus, fungos, protozoários dentre outros. Isso significa, portanto, que o óleo de copaíba pode auxiliar no tratamento e prevenção de uma variada gama de doenças.

– Analgésico

O óleo de copaíba ajuda a diminuir o desconforto causado por dores nas articulações e dores musculares. Pode ser utilizado no tratamento de enfermidades como gota, artrite e fibromialgia. Dores e lesões provocadas por exercícios físicos e práticas esportivas também podem ser aliviadas com o uso do óleo.

Lesões por esforço repetitivo (LER), tendinites e problemas relacionados à dores na coluna vertebral são outras aplicações analgésicas do óleo do copaíba.

– Diurético

A retenção de líquidos se trata do excesso do armazenamento de água no organismo. Essa água em excesso causa a sensação de inchaço e aumento de peso, podendo ser desconfortável para a pessoa.

O uso de óleo de copaíba estimula um aumento na frequência urinária, portanto, ajuda a esgotar a quantidade excessiva de líquido armazenado. Nesse mesmo processo, o óleo ajuda na eliminação de toxinas, auxiliando também  na prevenção de doenças e inflamações no aparelho urinário.

Apesar dos efeitos benéficos da propriedade diurética do óleo de copaíba, é importante sempre beber bastante água enquanto estiver fazendo uso da substância. Esse hábito evita o processo de desidratação.

– Calmante

Uma das aplicações do óleo de copaíba é em terapias de relaxamento. Seja como um artifício para massagens ou como elemento da aromaterapia, a substância atua promovendo o relaxamento e tranquilizando o sistema nervoso.

– Problemas respiratórios

O óleo de copaíba pode ser usado como um expectorante, podendo ajudar no tratamento e alívio dos sintomas de doenças como asma, bronquite, pneumonia, sinusite, rinite e tosses prolongadas.

O óleo atua desobstruindo as vias nasais, relaxando os músculos e seios da face, clareando os canais de respiração e desbloqueando os alvéolos pulmonares.

– Pele

O óleo de copaíba atua como uma forma de nutrição da pele, podendo ser utilizado como um tratamento estético e de saúde para a proteção e nutrição para o maior órgão do corpo humano.

Além disso, o óleo de copaíba também tem propriedades anti-bactericidas e anti-inflamatórias. Essas propriedades podem ser úteis no tratamento e alívio da dor provocada por problemas como frieiras, picadas de insetos, erupções cutâneas, inflamações, feridas, eczema, e várias outras questões relacionadas à saúde da pele.

– Cabelos

O óleo de copaíba ajuda na nutrição e fortalecimento dos fios de cabelo. Ele ajuda a melhorar a estética do cabelo e ainda auxilia na prevenção e interrupção da queda dos fios.

  • Como usar o óleo de copaíba

A forma de utilização do óleo de copaíba é bastante variada e depende do objetivo almejado com sua aplicação.

Uso oral

Na forma de ingestão, o óleo de copaíba é útil para a atuação de suas propriedades anti-inflamatórias, para atuar no auxílio do processo de digestão e para acionar suas propriedades diuréticas, eliminando a retenção de líquido e a sensação de inchaço.

É interessante consultar um médico antes de começar a fazer o uso oral do óleo. Mesmo que seja uma substância natural, o óleo de copaíba pode ter efeitos mais ou menos agressivos de acordo com o organismo de cada pessoa.

Se for decidido pela utilização oral do óleo mesmo sem uma consulta profissional, deve-se começar com apenas uma gota e aumentar a quantidade gradativamente, percebendo os efeitos diários e diagnosticando qual a dose mais adequada. Não é recomendado que uma dose diária exceda as seis gotas.

            – Uso tópico

            O uso tópico do óleo de copaíba compreende na aplicação da substância de forma superficial, exatamente no local onde se espera sua atuação.

No tratamento de doenças e infecções cutâneas é feita a aplicação do óleo de copaíba sobre a área da pele que deve ser tratada. Após a aplicação, espalhe o óleo pela área e espere para que as propriedades anti-inflamatórias e anti-bactericidas da substância façam efeito.

No caso de dores musculares e nas articulações e problemas de ordem ortopédica, o óleo de copaíba deve ser diretamente aplicado na região dolorida ou comprometida. Em seguida se massageia a região e espere os efeitos analgésicos da substância fazerem efeito.

Para massagens e relaxamento muscular, o uso também é feito de forma tópica. O óleo deve ser despejado na superfície onde a prática irá acontecer e o local deve ser massageado em quanto o óleo de copaíba atua no relaxamento dos músculos.

No caso dos cabelos a aplicação é feita a partir do uso do óleo de copaíba nas raízes e no couro cabeludo, massageando por cerca de cinco minutos.

            – Expectorante

            O óleo de copaíba também pode ser utilizado explorando seu vapor e aroma. Para o tratamento de doenças respiratórias e alívio das dores e desconforto provocados pela obstrução das vias de respiração é necessário fazer a expectoração do vapor do óleo durante alguns minutos.

Em técnicas que trabalham com aromas como forma de terapia, esse também é o método utilizado.

  • Óleo de copaíba: preço

O óleo de copaíba pode ser encontrado no mercado de várias maneiras. Há o óleo propriamente dito, cápsulas para ingestão, sprays, dentre outros.

Em seu formato normal, o óleo in natura, o preço de 100 ml custa, em média R$ 80,00, podendo ser encontrado em preços maiores ou menores dependendo do fabricante e do vendedor.

No caso das cápsulas o valor médio de uma embalagem com 50 unidades custa, em média, R$ 60,00, podendo ser encontrado em preços maiores ou menores dependendo do fabricante e do vendedor.

  • Onde comprar Óleo de Copaíba

O óleo de copaíba pode ser encontrado em redes de farmácia, lojas especializadas em produtos terapêuticos naturais e pela internet.

Mercados como o Mercado Bom Sucesso, que possuem produtos de vários segmentos também trabalham com produtos terapêuticos naturais, dentre eles, o óleo de copaíba.

 

Leave a comment