Praça Raul Soares, 85 - Belo Horizonte - MG (31) 3292-7257 (31) 9.9357-1951
Óleo essencial de verbena

Óleo essencial de verbena

Óleo essencial de verbena

A Lippia Alba é uma espécie de planta originária da América do Sul, América Central e na parte sul da América do Norte, sendo comumente encontrada na região do Texas. Atualmente, é plantada em quase todos os continentes do planeta, com exceção somente à Antártida. Possui várias nomenclaturas populares no Brasil, se destacando: erva cidreira brasileira, erva cidreira do campo, falsa melissa, alecrim do campo, sálvia e cidrilha.

A espécie possui características arbustivas, podendo atingir, no máximo até um metro e meio. Possui vários ramos que crescem desordenadamente e o seu caule é fino e com pouca rigidez. As folhas, que possuem um tamanho que poderia variar entre 2 a 4 centímetros, têm aspectos que se assemelham com a folha do boldo, pois tem uma coloração verde-escura e vários pequenos “pelos” ao longo de sua estrutura.

A estrutura ainda possui pequenas flores, que podem assumir diversas colorações, onde destaca-se o rosa claro. Seu comprimento é pequeno, assumindo, no máximo, dois centímetros de diâmetro. E é dessa estrutura onde é extraída a substância que será o assunto desse artigo: o óleo essencial de verbena.

O que é o óleo essencial de verbena?

O óleo essencial de verbena, como já dito anteriormente, é uma substância extraída das flores de uma espécie vegetal cientificamente chamada de Lippia Alba. A nomenclatura desse líquido se deve ao nome científico da família dessa espécie, chamada de Verbenaceae.

O produto possui as mesmas características de qualquer outro óleo essencial, isto é, possui um nível de concentração consideravelmente alto, aroma agradável e é bastante volátil, mesmo à temperatura ambiente. Não poderia ser diferente, uma vez que as substâncias presentes nesse composto são as responsáveis por fornecer o aroma suave da planta de que é extraído, caracterizado por suas características cítricas e bastante adocicadas.

Para se ter ideia do nível de concentração dessa substância, são necessárias 11 mil unidades de Lippia Alba para extrair somente 1 litro de óleo essencial de verbena.

A principal técnica de extração do óleo essencial da planta em si é bastante orgânico e natural, sendo quase sempre feito a partir de arraste de vapor – as estruturas são colocadas em uma espécie de sauna seca e as substâncias contidas no óleo essencial evaporam. Ao encontrar o teto, essas se condensam e começam a pingar no chão, onde são colocados recipientes para o recolhimento. Esse tipo de procedimento é natural, impedindo que substâncias sintéticas interfiram na composição do óleo essencial.

A composição existente no óleo essencial de verbena é:

  • Alfa Tujeno – 0,05%;
  • Tenipoleno – 0,15%;
  • Mirceno – 0,28%;
  • Limoneno – 0,33%;
  • Alfa Humuleno – 1,12%;
  • Sabieno – 1,46%;
  • Germacreno B – 3,34%;
  • Germacreno D – 3,53%;
  • Eucaliptol – 7,79%;
  • Linalol – 60,63%;

Benefícios do óleo essencial de verbena

Devido a todos os componentes presentes na composição do óleo essencial de verbena, esse pode proporcionar variados benefícios para os seus consumidores, podendo gerar efeitos positivos em numerosas áreas.

Os benefícios mais conhecidos desse produto são:

Antiespasmódico:

O efeito mais conhecido do óleo essencial de verbena é, sem dúvida, sua propriedade antiespasmódica. Em outras palavras, a utilização dessa substância inibe os espasmos, contrações involuntárias do nosso corpo que podem incomodar bastante. Um exemplo muito claro dos espasmos que pode ser citado, e é certeza de que as pessoas tentam evita-lo ao máximo são os soluços.

Ajuda na digestão:

O óleo essencial de verbena é muito suave e, portanto, algumas gotas podem ser adicionadas à água ou até mesmo a algumas receitas culinárias, principalmente as sobremesas cítricas. O principal objetivo dessa adição é melhorar a nossa digestão, tendo em vista que o produto possui princípios ativos capazes de estimular a movimentação dos músculos da pélvis, além de otimizar a produção de suco gástrico.

Auxilia no tratamento da cirrose:

A cirrose é um tipo de inflamação que ocorre no fígado, motivada principalmente pelo alcoolismo ou pelo abuso de remédios e substâncias sintéticas. O óleo essencial de verbena possui substâncias capazes de ajudar na suavização dessas inflamações, o que possibilita um tipo de tratamento consideravelmente mais fácil, tornando-se uma ótima alternativa nesse quadro, por ser um remédio natural.

Auxilia no emagrecimento:

Muitas das vezes, um dos maiores problemas para atingir uma perda significativa de peso é o sistema digestivo funcionando de maneira lenta, de modo que a bílis não consegue digerir as células e moléculas de gorduras presentes nos alimentos que ingerimos no dia a dia. Como já falado anteriormente, o óleo essencial de verbena possui propriedades que atuam dessa maneira no corpo humano, estimulando principalmente a produção do bílis – suco gástrico responsável por digerir a gordura.

Funções terapêuticas:

Um dos problemas mais profundo da nossa sociedade nos dias de hoje são as condições psicológicas. A depressão e o transtorno de ansiedade atingem milhões de pessoas em todo o mundo, e esses índices não param de crescer. Esses quadros são tão alarmantes que a Organização Mundial da Saúde (OMS) chegou a classificar a depressão como a doença do século XXI.

Desse modo, para saírem dessa situação e se curarem, muitas pessoas fazem o uso de remédios. O problema é que, na maioria das vezes, essas substâncias são fortes e podem gerar consequências negativas para outros aspectos do nosso organismo. Uma alternativa para esses medicamentos pode ser o óleo essencial de verbena, uma substância natural que, se usada constantemente possui o poder de controlar a produção dos hormônios cerebrais que controlam as nossas emoções (é o descontrole nesses elementos que causam as condições citadas no parágrafo anterior).

Como usar o óleo essencial de verbena?

O óleo essencial de verbena, assim como a grande maioria dos produtos desse segmento, pode ter seus benefícios obtidos a partir de diferentes formas. Como já foi citado anteriormente, pode ser adicionado a água e a receitas culinárias. Além disso, como é uma substância volátil, pode ser usado a partir da aromaterapia, isto é, quando as fragrâncias são usadas de forma medicinal.

O óleo essencial de verbena também pode ser misturado com outras substâncias e ser utilizado em produtos de massagem, compressas e adicionado à banheira do banho.

Óleo essencial de verbena – onde comprar?

O óleo essencial de verbena não é um dos mais populares no Brasil, até pela sua dificuldade de extração (como já dito, a proporção da quantidade de plantas para extração de 1 litro da substância é bastante alta). Desse modo, o produto pode ser encontrado apenas em algumas lojas especializadas em artigos naturais.

Para ter mais facilidade nessa compra, o indivíduo pode adquiri-lo pela internet! São encontrados vários portais de venda on-line que fazem a comercialização desse óleo, e você ainda poderá recebê-lo no conforto de sua casa.

Óleo essencial de verbena – preço

O preço pode variar bastante de um estabelecimento para outro, pela sua marca e pelo grau de pureza da substância em questão. Contudo, depois de algumas pesquisas nos principais comercializadores desse óleo essencial, notou-se que possui uma média de preço que gira em torno de R$ 84,90 o frasco contendo 10 ml do líquido.

Leave a comment