Praça Raul Soares, 85 - Belo Horizonte - MG (31) 3292-7257 (31) 9.9357-1951
propriedades do alecrim

Propriedades do alecrim

O uso de plantas na medicina é algo que vem de longa data. É, basicamente, a forma de medicina mais antiga da humanidade, com registros de mais de cinco mil anos atrás no oriente, mais especificamente na China. A medicina chinesa é uma das mais tradicionais da história, com um repertório vasto que ainda tem muitas utilidades para os dias de hoje. Diferentes culturas se aproveitam de diversos tipos de elementos oferecidos por esse planeta tão rico em variedade que vivemos.

Os modos de aplicação para essas plantas também são muitos. Se apresentam versáteis propriedades, não seria diferente com as maneiras que o ser humano encontrou para extrair ao máximo o poder dessas plantas. Chás, sucos, aplicação direta na pele após misturas, óleos essenciais… são apenas alguns exemplos dessas possíveis aplicações, com algumas plantas se destacando mais do que outras, mas com muitas delas apresentando tanto benefícios de um modo geral, como capacidades específicas que fazem com que elas sejam diferenciadas e indicadas para cada tipo de situação.

Uma dessas plantas com inúmeras propriedades positivas e possibilidades de aplicação é o alecrim. O alecrim, cujo nome científico é Rosmarinus officinalis, é uma erva aromática proveniente do mediterrâneo que hoje pode ser encontrada em diferentes locais, como supermercados, feiras e lojas de produtos naturais.

Basicamente, o alecrim é uma das ervas mais populares do mundo, sendo usada tanto para fins medicinais como na culinária, em forma de tempero. E isso não é de hoje: como mencionado acima, essas práticas vem da antiguidade e o alecrim está entre as plantas que já eram usadas há muito tempo como erva medicinal, no tratamento de algumas condições como, principalmente, alívio de dores musculares, além de atuação no sistema circulatório e imunológico. O óleo de alecrim também tem história, sendo componente de cosméticos desde o século XIV e, posteriormente, sendo usado como um digestivo.

Ao falar das ligações do alecrim com a digestão, automaticamente temos que começar a falar de suas propriedades e benefícios. Uma planta de tanta tradição que oferece tantas vantagens e muito popular hoje em dia, tem suas possibilidades de aplicação e consequências benéficas bem abordadas e conhecidas. Algumas delas são suas propriedades digestivas, diuréticas e até antidepressivas. Vamos falar um pouco mais sobre cada uma delas e ainda apresentar uma nova série de benefícios que o alecrim pode oferecer que você talvez não tenha pleno conhecimento.

Propriedades do alecrim

propriedades do alecrim - conheça
propriedades do alecrim – conheça

Como dito, o já faz séculos que o alecrim é utilizado como digestivo, com essa funcionalidade ainda sendo atualmente conhecida como uma de suas propriedades medicinais. Quando tomado após as refeições, ele pode agir na prevenção do aparecimento de alguns sintomas típicos de uma digestão ruim, como gastrite, inchaço, flatulência no estômago, azia, entre outros. Suas propriedades também são capazes de reduzir a produção de gases, aliviando todas essas situações. Além disso, o alecrim também é capaz de ajudar contra doenças respiratórias, desde simples resfriados a até algumas condições um pouco mais graves como sinusite e bronquite. Algumas doenças no fígado também podem se aproveitar das propriedades dessa planta.

Ser antioxidante é uma propriedade de muitos produtos naturais, com o alecrim estando entre eles. Com abundância desses ácidos, o alecrim apresenta como ponto forte também a capacidade de influência positiva no sistema imunológico, na prevenção de infecções e até na saúde da sua pele. Falando em sistema imunológico, podemos falar também sobre o sistema nervoso, outro local onde o alecrim atuará de maneira eficiente. Pode melhorar a sua memória, além da capacidade de raciocínio e concentração, ajudando também na prevenção de condições psicológicas indesejáveis como depressão e ansiedade. Idosos, por exemplo, tem o costume de usar o alecrim para tentar evitar a perda de memória que chega naturalmente nas idades mais avançadas.

Suas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas fazem do alecrim uma boa opção também no tratamento de alguns problemas relacionados a dores, como artrite, enxaqueca, dor de dente e até problemas na pele. Atualmente, o alecrim é muito usado como condimento para alguns alimentos.

Como dito anteriormente, o alecrim não tem apenas funcionalidades biológicas e físicas. É uma planta com propriedades também para sua mente, sendo usado, inclusive, na aromaterapia, com a finalidade de reduzir o estresse e a ansiedade. Também pode transmitir tranquilidade a partir do momento que ajuda na redução da pressão arterial e dos batimentos cardíacos. Quando estamos falando em aromaterapia, se faz necessário que conheçamos um pouco mais sobre o óleo essencial de alecrim, que também tem uma reputação muito boa dentro desse segmento.

O óleo essencial de alecrim

Obtido através da destilação a vapor, o óleo essencial de alecrim é uma substância amarelada e transparente, que se destaca por sua volatilidade e aroma refrescante. Entre suas possibilidades de utilização, os benefícios que serão conseguidos a partir dele têm como base os mesmos princípios ditos acima, por motivos óbvios. Conta com ação estimulante para melhorar a memória e concentração, além de ajudar contra dores de cabeça. Além disso, quando aplicado no couro cabeludo, o óleo essencial de alecrim combate a caspa e pode promover o crescimento de novos fios.

Falando em cabelos, podemos dissertar um pouco mais nesse cenário, onde o óleo essencial de alecrim tem muita capacidade de agir no tratamento, principalmente nos oleosos, adicionando brilho, além de ser um tônico capilar. Sua ação antioxidante combatendo radicais livres também pode ser importante, de uma maneira mais secundária, na luta contra a calvície, pois um dos motivos para o acontecimento dessa condição é um envelhecimento rápido das células que estão expostas a esses radicais livres.

O chá de alecrim

Além do óleo, o alecrim como bebida também tem grande reputação. O chá de alecrim é um dos produtos caseiros mais tradicionais das residências, principalmente quando o assunto é dor de cabeça, além de ajudar na digestão. O combate ao cansaço frequente também acaba sendo um benefício possível para esse chá. Outras ações que serão consequência da ingestão desse chá é aproveitar suas propriedades diuréticas, que além de aumentarem a produção de urina, podem ser usadas em dietas que visam o emagrecimento. Funciona também como um antibiótico natural, mas não confunda as coisas e siga as instruções do seu médico.

 

Leave a comment