Whey Protein

Emagrecimento saudável – como perder peso sem perder saúde?

emagrecimento saudavel como perder peso sem perder saude

Emagrecer. Querendo ou não, esse é um termo que ouvimos mais de uma vez todos os dias de nossas vidas, com amigos, parentes ou até com nós mesmo. Perder peso é um desejo de milhões de pessoas ao redor de todo o mundo e, seja buscando um modelo de vida mais saudável ou visual mais dentro dos padrões de beleza da sociedade, muitas pessoas fazem até loucura para atingir seus objetivos.
Contudo, todos sabemos que realizar insanidades é totalmente prejudicial para o nosso corpo. Passar muito sem comer a fim de estimular o corpo a queimar mais gorduras pode ter efeitos altamente negativos no organismo humano, levando até a quadros mais graves de falta de nutrientes essenciais para a manutenção de nossa saúde.
Diante disso, o desafio de perda de peso fica ainda mais difícil. Se emagrecer já não era uma tarefa fácil, e emagrecer com saúde? Sem prejudicar o pleno funcionamento do meu organismo? Bom, embora não seja algo fácil e que demande força de vontade e persistência, emagrecer de forma saudável é totalmente possível.
Nesse artigo iremos falar mais desse processo, passando por pilares do emagrecimento, como a reeducação alimentar, a prática de exercícios físicos, além de outros métodos e técnicas desenvolvidos por nutricionistas e especialistas dessa área com o objetivo de ajudar o grande público a atingir seus objetivos sem prejudicar sua saúde.

A reeducação alimentar

Um dos maiores desafios relacionados à perda de peso está justamente nos hábitos alimentares de vários indivíduos. Isso ocorre pelo fato de que muitas pessoas não conseguem controlar seus ímpetos de desejo e acabam se alimentando de forma errônea, propiciando, além da manutenção de uma vida não saudável, um constante aumenta de gordura corporal.
E é por isso que, antes de falar de qualquer coisa relacionada ao emagrecimento, é preciso deixar claro que, caso não haja uma reeducação alimentar, os resultados não aparecerão ou, caso apareçam, não serão duradouros.
Basicamente, a reeducação alimentar consiste em uma série de novas práticas e técnicas capazes de estimular os indivíduos a adotar um estilo de vida mais saudável. Esses métodos são baseados no consumo ideal de nutrientes por dia, sem extrapolar em nenhuma substância que não seja essencial para o pleno funcionamento do nosso corpo.
Essa prática se baseia, essencialmente, em três pilares que vão te ajudar a alcançar os objetivos esperados. Tais pilares são:

  • Comer de 3 em 3 horas: Constantemente, vemos especialistas, médicos, apresentadores e até amigos falando sobre o período entre uma refeição e outra, e que o tempo ideal é de 3 horas. Isso acontece pelo fato de que esse é o tempo médio que nosso corpo precisa para fazer uso dos nutrientes dos alimentos ingeridos, além de ser o período ideal para fazer o consumo de novas fontes de energia, de modo a não deixar nosso organismo sem fornecimento ideal;
  • Beber água regularmente: A maioria das pessoas tem a água como a substância mais importante para a manutenção do ser humano na Terra, e eles não estão errados. Altamente necessário para nossa saúde, esse líquido é responsável por participar de inúmeras reações no nosso corpo, além ser protagonista no processo de limpeza do organismo, essencial para a reeducação alimentar;
  • Acostumar o paladar: Já foi comprovado cientificamente que o nosso paladar, junto da nossa decisão do que é gostoso ou não, é majoritariamente influenciado por costume. A título de exemplo, temos várias regiões da China, onde os habitantes são completamente aversos a alimentos essencialmente doces. Dessa forma, o que precisamos fazer para uma reeducação a alimentar é, justamente, reeducar o nosso paladar, de forma a acostumarmo-nos com comidas saudáveis, como frutas, legumes, verduras e outras comidas com níveis de nutrientes e vitaminas e nutrientes altamente elevados, essenciais para uma vida mais saudável e até uma perda de peso;

Prática de exercícios físicos

Não da para falar de emagrecimento e saúde sem falar de exercícios físicos. As atividades que estimulam o nosso corpo a queimar mais energia são altamente essenciais para uma perda de peso saudável, principalmente para pessoas que não sabem por onde começar.
Contudo, muitos indivíduos podem ter dificuldades para praticar esses tipos de atividades. Desse modo, elencaremos algumas dicas que podem ajuda-los a tomar mais gosto por este estilo de vida:

Vá de forma gradativa:

Não adianta começar a praticar exercícios físicos e achar que consegue tudo. Isso, no máximo, vai gerar mais cansaço e menos ânimo para sessões futuras, além de poder resultar em lesões. Diante disso, tente ir de forma gradativa, de modo a não exigir mais do que o seu corpo – por muito sedentário e já acostumado com essa condição – pode aguentar.
Se preciso, consulte um educador físico e pergunte quais são os melhores exercícios para os seus objetivos e qual o ritmo indicado para o seu perfil. Comece correndo menos e, à medida que sentir que está ficando mais resistente, vá aumentando as distâncias e a velocidade.

Comece praticando fora das academias:

Muitas pessoas não conseguem praticar atividades físicas simplesmente por acharem o ambiente de uma academia muito monótono e pouco estimulante, o que realmente pode ser realidade em muitos locais. Dessa forma, tente começar a realizar as atividades fora das academias, correndo pela cidade e em avenidas com pistas voltadas para essas práticas.
Além disso, para pessoas que acham que os aparelhos da academia podem ser mais viáveis para seu tipo físico, mas ainda sim não gosta do ambiente, tente ir com um amigo, parente ou conhecido. O lugar pode ficar bem mais acolhedor a partir do momento que existe outro alguém para interagir.

Pratique esportes:

Além dos pontos já supracitados, muitas pessoas alegam que os exercícios físicos convencionais são muito monótonos, o que os levam a desistir na primeira oportunidade. A fim de resolver esse problema, uma boa alternativa é a prática de esportes.
Os esportes, além de ser uma ótima oportunidade para a prática de exercícios físicos, também é um momento de divertimento e de integração social, tirando aquela individualidade da musculação e dos exercícios aeróbicos. Contudo, não adianta praticar uma vez a cada mês e esperar ter resultados satisfatórios. Se você quer perder peso praticando esportes, experimente jogar futebol ou vôlei com os amigos pelo menos duas vezes por semana.

Consulte um educador físico:

Como já é do conhecimento da grande maioria das pessoas, todos nós temos organismos diferentes e reagimos de formas distintas aos estímulos, métodos e práticas. Dessa forma, é altamente recomendável à consulta para com um profissional da área de prática de atividades físicas, um educador físico.

Suplementos para emagrecer

Como já falado muitas vezes nesse artigo, emagrecer realmente não é uma tarefa fácil. Isso se deve principalmente ao fato de que perder peso é um esforço multidisciplinar, isto é, demanda que o indivíduo pratique variadas coisas ao mesmo tempo, e que contribuam para o seu emagrecimento.
Desse modo, além da reeducação alimentar e da prática correta de exercícios físicos, os suplementos também podem ser grandes aliados no momento da perda de peso, já que são constituídos de substâncias com princípios ativos capazes de alterar – e para o melhor – nosso organismo.
Os principais suplementos para a perda de peso são:

  • Termogênicos: Quando se fala em suplementos e emagrecimento, o primeiro grupo a vir na cabeça de quem entende minimamente do assunto é, sem nenhuma dúvida, os termogênicos. Isso porque os produtos enquadrados nessa classe são aqueles responsáveis por propiciar uma maior rapidez no metabolismo do nosso corpo, fazendo com que todas as nossas reações aconteçam mais rapidamente. Dentre outros fatores, isso contribui para que o organismo utilize as gorduras localizadas, estocadas no nosso tecido adiposo, com fonte alternativa de energia;
  • L-carnitina: embora não seja um suplemento muito famoso, a l-carnitina vem ganhando muita popularidade entre os entendidos do assunto ultimamente. Entre outros benefícios para os seus consumidores, a substância pode ajudar a estimular a queima de gordura corporal, além de fornecer energia para a prática de atividades físicas e ajudar no crescimento das fibras musculares;
  • Cafeína: Bastante presente uma das bebidas mais adoradas ao redor de todo o mundo, a cafeína também pode ser um suplemento bastante amigo quando o assunto é perder peso. Isso se deve ao fato de que a substância pode quebrar as moléculas de gordura, auxiliando em sua eliminação pelo corpo humano. Além disso, fornece energia para a prática de exercícios físicos e funciona como um termogênico;
  • Whey Protein: Certamente o suplemento mais famoso e utilizado por pessoas que praticam exercícios físicos, sejam atletas ou não, o Whey Protein, além de ajudar no ganho de massa muscular, também pode ajudar a emagrecer. Isso se deve à presença de BCAAs, que estimulam a queima de gorduras como fonte de energia alternativa. Além disso, o produto ainda auxilia de forma indireta, já que melhora o rendimento no treino e ainda pode substituir alguns lanches, propiciando uma dieta com menor incidência de carboidratos.

Conclusão

Como vimos ao longo de todo o texto, apesar de ser uma tarefa difícil, é possível emagrecer, ligando isso a um modo de vida mais saudável. Para isso, é necessário força de vontade e esforço, a fim de seguir todos os passos elencados nos tópicos acima.
Para melhores resultados, dietas personalizadas e fichas técnicas de exercícios físicos feitos só para você, é recomendável que se consulte profissionais especializados na área (no caso da alimentação, nutricionistas, e no caso das atividades, educadores físicos). Dessa forma, os resultados poderão ser otimizados e o indivíduo não terá maiores problemas e dificuldades em seguir os passos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *